Notícias

27/08/2019

GOVBR Saúde já presente em 32 cidades gaúchas

Mais de 650 mil pessoas são hoje impactadas pela gestão realizada por meio da

plataforma da GOVBR

 

Lançado em 2018, o GOVBR Saúde cresce em ritmo constante. Mais cidades vêm aderindo a esta solução completa e simplificada de administração das informações de suas redes de saúde. Através de vários indicadores, a plataforma possibilita aos gestores maior produtividade a partir de uma visão gerencial e de uma orientação das atividades, ajudando a promover a correta aplicação dos recursos públicos, e a aumentar a eficiência dos serviços e a qualidade das entregas à população. Dividido em módulos armazenados em nuvem, o GOVBR Saúde reduz processos burocráticos, integra-se ao SUS, e conecta os estabelecimentos de saúde, seus profissionais e o cidadão.

Que indicadores a plataforma oferece?

O GOVBR Saúde contempla ferramentas que controlam setores fundamentais da gestão pública, como os módulos de Atenção Básica, Atenção Especializada, Processos Hospitalares, Gestão Laboratorial e Vigilância Sanitária. Através das soluções, é possível monitorar pontos como agendamentos de consultas médicas, realização de exames, dispensação de remédios, produtos de almoxarifado, compra de materiais e medicamentos, entre muitos outros.

 

O sistema reúne diversas estatísticas que ajudam o gestor a tomar decisões sobre estratégias em relação à saúde do município, com o objetivo de sanar problemas recorrentes. Entre os indicadores que podem ser extraídos em relatórios pelo sistema e apresentados em gráficos no portal de BI então:

– Unidades de saúde com maior número de atendimentos: permitindo a verificação se os profissionais estão alocados de forma correta e se é necessário maior ou menor número de profissionais em cada unidade;

– Percentual (%) de pessoas atendidas por sexo e idade;

– % de atendidos por cidade;

– % de atendidos por agendamento de consulta ou demanda espontânea;

– % de atendidos por classificação de risco;

– % por tipo de atendimento;

– % por tipo de procedimento;

– % por CID;

– % por exames ofertados

– % por doenças condicionadas. Este indicador é fundamental, pois ajuda a definir a estratégia do programa Saúde da Família, a fim de promover a qualidade de vida dos cidadãos.

– % de medicamentos dispensados. Por meio do cruzamento com outros indicadores, como por exemplo idades, é possível visualizar quais problemas por faixa etária estão ocorrendo mais.

– Número de encaminhamentos por alta do episódio, retorno para cuidado continuado, agendamento para grupos, retorno para consulta agendada, encaminhamento para serviço especializado, encaminhamento para emergência, etc. Este indicador presta conta ao e-SUS.

– Número de encaminhamentos para especialistas. Este indicador ajuda a definir estratégias em relação ao quadro de profissionais da saúde municipal.

– Indicador de atividades em grupo, como reuniões de equipe, educação em saúde, atendimento em grupo, etc. Estes indicadores também servem para os programas do Ministério da Saúde.

Capturar

Exemplo de visão da ferramenta de BI do GOVBR Saúde

 

Exemplos de como os municípios estão utilizando o GOVBR Saúde
A cidade de São Sebastião do Caí encerra neste mês de agosto a implementação total da plataforma. O GOVBR Saúde estará operando em cinco unidades de Estratégia de Saúde da Família, em um ambulatório de saúde mental, uma policlínica e um CAPS. Também estão sendo capacitados cerca de 150 profissionais, incluindo médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, dentistas e agentes de saúde. O município contará com tablets que darão mobilidade aos agentes e painéis eletrônicos de chamada para organização de salas de espera, evitando conflitos nos atendimentos e organizando o ambiente.

Já Minas do Leão, na região Central do Estado, acaba de iniciar a operação de envio de mensagens de texto para pacientes que tenham consultas agendadas nos três postos de saúde do município. O sistema de envio de mensagens é uma funcionalidade do GOVBR Saúde, implementado na cidade no início deste ano. O objetivo é alertar para o dia, horário, local e especialidade da consulta com uma semana de antecedência e, depois, dois dias antes. Os avisos de SMS também serão enviados se houver consultas marcadas fora de Minas do Leão, como em clínicas e hospitais da região ou de Porto Alegre. A meta do município é reduzir o número de faltas às consultas, hoje estimadas em cerca de 20%.

 

 

 

 

 

 

Mapa_brasil_2018

Onde estamos

CRC CHAPECÓ

(49) 3313.2277

Av. Getúlio Vargas, 870N – 3º andar, sala 34
Chapecó / SC
CEP 89801-002
Veja no mapa

 

CRC FLORIANÓPOLIS

(48) 3209-0017
(48) 3364-0018
Rua Emílio Blum, 131 Bloco A, Sala 303
Edifício Hantei, Centro – Florianópolis / SC
CEP 88020-302
Veja no mapa

CRC SANTA ROSA

(55) 3513.2277

R. Comandai, 205
Santa Rosa / RS
CEP 98780-759
Veja no mapa

 

CRC PASSO FUNDO

(54) 2103.2277

R. Benjamin Constant, 729 – Sala 201
99010-130 – Centro
Passo Fundo / RS
Veja no mapa

 

CRC SANTA MARIA

(55) 2103.2277

R. Alberto Pasqualini, 121 – Sala 201
Santa Maria / RS
CEP 97015-010
Veja no mapa

 

CRC PORTO ALEGRE

(51) 2118.2277

Rua Olinda, 140
Porto Alegre / RS
CEP 90240-570
Veja no Mapa

 

CRC PELOTAS

(53) 2128.2277

R. General Neto, 193
Pelotas / RS
CEP 96015-280
Veja no Mapa

 

Central de Atendimento RS/SC
(51) 2118.2200